Portal Zap - OFICIAL: Petrolina e 1º de Maio estão fora da disputa do Campeonato Pernambucano



OFICIAL: Petrolina e 1º de Maio estão fora da disputa do Campeonato Pernambucano
Veja o motivo:
publicada em 28/08/2017

O Petrolina Social Clube e o 1º de Maio vão ficar de fora do Campeonato Pernambucano de Futebol da Série A2. A informação é que a Prefeitura de Petrolina não enviou os laudos técnicos do Estádio Paulo de Souza Coelho para a Federação Pernambucana de Futebol. Os dois times propuseram jogar no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro-BA, mas não foi aceita a proposta, sendo justificado que o estádio pertence a outra federação.

O Campeonato Pernambucano Série A2 terá início no mês de setembro com 10 equipes participantes, são elas: Vera Cruz, Sete de Setembro, Íbis, Cabense, Centro Limoeirense, Porto, Chã Grande, Decisão, Pesqueira e Ferroviário do Cabo. A primeira fase será dividida em dois grupos com cinco times cada. Os quatro melhores classificados passarão para a segunda fase e jogarão no sistema mata-mata nas próximas fases.

Os vencedores das partidas irão garantir vaga para a disputa do título que será definido em jogos de ida e volta.  Apenas o campeão terá acesso ao Pernambucano A1/2018.

Através de nota, a prefeitura de Petrolina se manifestou:

"Sobre o Estádio Municipal Paulo de Souza Coelho, a Prefeitura de Petrolina informa que encaminhou o laudo à Federação Pernambucana de Futebol na última semana. 

O equipamento já recebeu melhorias significativas que garantiram à arena esportiva um cenário bem diferente daquele deixado pela gestão anterior.
O estádio foi encontrado totalmente deteriorado, mas já nos primeiros dias de governo, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes elaborou um relatório e adotou medidas emergenciais para recuperar o local. 

Entre os avanços, vale destacar a revitalização do gramado, que estava completamente seco e foi recuperado em poucos dias, e a recuperação de toda iluminação. 

As melhorias também incluíram a retirada de cerca de 120 toneladas de lixo e entulhos que permaneciam acumulados por todo o estádio, principalmente atrás das arquibancadas. O equipamento também recebeu os serviços de poda, capina, varrição e pintura de meio-fio. 

Novas ações já estão planejadas para o local, inclusive um projeto de revitalização do espaço foi entregue ao ministro dos Esportes pelo próprio prefeito Miguel Coelho".

Blog Geraldo José
TAGS: estadio paulo coelho, petrolina, 1º de maio